Como automatizar uma sala de reunião

19 de setembro de 2018

Pensar em como automatizar uma sala de reunião não precisa ser uma dor de cabeça para a empresa. Embora existam muitas variáveis a serem observadas, um bom projeto deve sempre visar simplificar o uso de cada um dos itens que o local oferece.

Por essa razão, não existe uma sala de reuniões automatizada que possa ser considerada “perfeita”. Tudo vai depender das necessidades da empresa em questão. O que é bom e perfeito para uns, pode não ser tão funcional para outros. Por essa razão, ter em mente o que se quer antes mesmo da montagem do projeto é o primeiro passo.

Descomplicando o uso da sala de reuniões

Automatizar uma sala de reuniões não significa apenas “empilhar” ferramentas tecnológicas para criar um espaço “moderno e caro”. Longe disso. É preciso que cada peça que está no ambiente tenha um sentido, uma razão de estar ali. A automatização visa tornar o acesso a cada uma delas mais simples, rápido e intuitivo.

Seja um espaço utilizado para treinamentos ou para videoconferências, o fato é que os problemas em termos de configuração devem ser reduzidos próximo a zero. As apresentações para os clientes não precisam ser um tormento, tomando algumas horas de montagem toda vez que alguém precisar utilizar o espaço.

Sistemas de automatização: tudo em um só lugar

A melhor maneira de resolver vários problemas de uma só vez é recorrendo aos sistemas integrados de automatização de salas de reuniões. A ideia é que vários equipamentos possam ser controlados com facilidade por meio de um tablet ou smartphone. Isso simplifica o gerenciamento de hardware e torna o controle muito mais intuitivo.

A principal vantagem deles é a simples instalação. Basicamente, uma vez que o sistema esteja configurado, tudo se resume à instalação de uma rede para controle do sistema. Por essas características, esse é um sistema que pode ser considerado flexível: em outras palavras, nada de adotar soluções engessadas e pouco úteis, mas sim módulos específicos que façam a diferença no seu ambiente.

Desde o início do projeto ou na reforma: o melhor momento para a instalação

Há dois momentos em que a automatização de uma sala de reuniões pode se fazer presente. O primeiro é durante a execução da obra, ainda durante fase de projeto. Nesse caso, há uma liberdade maior para montar o espaço do jeito que a empresa imagina que será o ideal. Observar plantas e projetos é essencial para que seja possível tirar o melhor proveito da estrutura disponível.

Mas e quando a sala já está em funcionamento e é preciso fazer alterações? Também não há problema. Nesse caso, engenheiros e projetistas devem observar as instalações para elaborar os projetos elétricos. Além disso, especialmente no caso de edifícios, toda a documentação formal necessária para a execução da obra também é fornecida pelas empresas executoras do projeto.

Basicamente, não há empecilhos para que um projeto de automação de sala de reunião seja colocado em prática. Contudo, é importante ressaltar que em todas as fases, a confecção de um projeto condizente com as necessidades do cliente e com as melhores práticas de segurança se faz essencial.

Um bom projeto deve ainda colocar o consumo responsável de energia e a redução de danos ao meio ambiente como uma de suas premissas. Somente assim, com garantia completa de qualidade em cada uma das etapas e minuciosa atenção aos detalhes é possível entregar um projeto de automação capaz de tornar a sua empresa mais produtiva graças a um espaço mais eficiente e dinâmico.

Você precisa de uma solução profissional e personalizada? A Performance está à frente do mercado audiovisual brasileiro desde 1990. Confira nossos cases e peça um orçamento!